18. ago, 2017

BARCO ABANDONADO

"A minha vida é um barco abandonado
Infiel, no ermo porto, ao seu destino.
Por que não ergue ferro e segue o atino
De navegar, casado com o seu fado? (...)"
Fernando Pessoa

Fotografia: Nelson Craveiro