25. ago, 2017

Carolina Herrera, uma história que começou depois dos 40

Nascida na Venezuela, Carolina Herrera fez sua vida profissional nos Estados Unidos

A estilista e empresária Carolina Herrera tem uma história profissional que começa quando ela já tinha completado 40 anos: passou a fazer parte da indústria da moda e ganhou o mundo. Hoje, aos 78, permanece em actividade, depois de ter criado um verdadeiro império ao longo das últimas três décadas e meia. Entre seus clientes, estão Nicole Kidman, Shakira, Salma Hayek, Renée Zellweger e outras celebridades. Nascida  numa família rica da Venezuela, Carolina casou-se com um nobre espanhol. A fama veio depois de se mudar para os Estados Unidos . Foi estilista de Jacqueline Kennedy durante 12 anos. A sua empresa tem sede na exclusiva Sétima Avenida, em Nova York.

 

carolina-herrera-patricia-herrera-lansing

Com a filha e herdeira Patricia Herrera Lansing

Esta aclamada estilista nasceu em Caracas, capital da Venezuela, no dia 8 de Janeiro de 1939, e foi baptizada como Maria Carolina Josefina Pacanins y Nino Herrera. Hoje ela tem residência fixa nos Estados Unidos, na cidade de Nova York, onde mora desde 1981. Ao longo dos anos 70 e 80, Carolina Herrera tornou-se a mais perfeita tradução da mulher requintada, fina e bem-vestida. Posteriormente transformou-se  numa das melhores estilistas, do mundo.

Carolina-H-5

Carolina Herrera sinónimo de elegância e bom gosto

Quando ouvimos o nome Carolina Herrera, este é imediatamente associado ao mundo da moda e, também, ao universo das fragrâncias. A sua capacidade empresarial desenvolveu-se vertiginosamente. A grife instituída por esta senhora da moda, sediada em Nova York, tornou-se uma das mais veneradas entre os integrantes deste universo. Nas suas colecções destacam-se os vestidos criados exclusivamente para as noivas.

vestidos-noiva-carolina-herrera-bridal-fashion-2013-06

Um dos modelos para noivas criados pela estilista

A estilista ingressou no universo da moda aos 40 anos, quando foi convidada por uma amiga, que na verdade era a editora de um significativo veículo de moda dos EUA,  para criar alguns vestidos. Carolina estreou-se,  então, nas passarelas, em Abril de 1981, quando lançou a sua primeira linha prêt-à-porter confeccionada com justaposição de tecidos distintos oferecidos nos mais diversos tamanhos

Carolina-H-7

De saia justa e camiseiro branco de que tanto gosta

A partir daí seduziu a elite feminina, a qual incluía nomes como o de Jacqueline Kennedy Onassis, que vestiu sua filha Caroline com um dos vestidos de noiva de Carolina, continuando, depois a vestir as criações desta estilista por, pelo menos, 12 anos. Não lhe faltaram outras clientes importantes por todo o mundo.

jackie-kennedy-best-looks-15 by Carolina Herrera

Jacqueline Kennedy vestindo uma das criações de Carolina Herrera

Actualmente Carolina diversificou os seus produtos, oferecendo não só roupas e acessórios para homens e mulheres,  mas também perfumes respeitados em todo o mercado, sector no qual ela ingressou em 1988. A sua indumentária segue a vertente clássica e é inspirada pelas mais variadas inclinações do mundo da moda.

Carolina casou-se, inicialmente, com Guillermo Behrens Tello, que lhe deu duas filhas; hoje ela está unida ao editor da Vanity Fair, Reinaldo Herrera Guevara, com quem ela teve igualmente duas meninas. São elas: Mercedes, Carolina, Ana e Patricia.

Carolina-H-12

O estilo é a sua imagem de marca

A sua filha e herdeira, que usa o apelido da mãe, actua a seu lado na produção de perfumes. Só com as fragrâncias Carolina já conquistou, em todo o mundo,  milhões de admiradores. Mas a estilista nutre a mesma paixão pelas suas roupas,  na criação das quais ela ainda actua em todas as etapas, do projecto no papel até à escolha das cores. Ela considera importante completar o uso da sua indumentária com os perfumes,  mesmo porque as mulheres que não têm acesso as suas roupas podem,  pelo menos, adquirir uma sua fragância.

 

Carolina-H-13

Um corpo impecável para uma senhora perto dos 80 anos 

Carolina Herrera gosta muito de ler, ir ao cinema e estar com a família, conseguindo conciliar todas essas actividades com a prática da necessária administração do tempo.

Fonte : Site infoescola, com Ana Lúcia Santana

 

Mandy Martins-Pereira escreve de acordo com a antiga ortografia