Tenho muitas cicatrizes...

Tenho muitas cicatrizes, mas levo comigo também a lembrança de momentos, que não teriam acontecido, se eu não tivesse a ousadia de ir além dos limites. 
Paulo Coelho

NOITES DE VERÃO - SUMMER NIGHTS

Noites de Verão -
Até as estrelas
Sussurram umas com as outras.


Summer nights –
even the stars 
are whispering to each other.

Kobayashi Issa ºº
ººKobayashi Issa (小林一茶? 1763 – 1827) escritor e poeta japonês.
Imagem Web

SARAVAH VINICIUS

www.youtube.com/watch?v=eHgU4ERc7Nc

SONETO DE FIDELIDADE

De tudo, ao meu amor serei atento antes
E com tal zelo, e sempre, e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento


Quero vivê-lo em cada vão momento
E em seu louvor hei de espalhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou seu contentamento


E assim quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte, angústia de quem vive
Quem sabe a solidão, fim de quem ama


Eu possa lhe dizer do amor (que tive):
Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure.
Vinicius de Moraes

EUGÉNIO DE ANDRADE (1923 - 2005)


É apenas o começo. Só depois dói,
e se lhe dá nome.
Às vezes chamam-lhe paixão. Que pode
acontecer da maneira mais simples:
umas gotas de chuva no cabelo.
Aproximas a mão, os dedos
desatam a arder inesperadamente,
recuas de medo. Aqueles cabelos,
as suas gotas de água são o começo,
apenas o começo. Antes
do fim terás de pegar no fogo
e fazeres do inverno
a mais ardente das estações.

Eugénio de Andrade 

UM JURAMENTO EM SEGREDO

Amar é fazer um juramente em segredo. É comprometer-se a defender a liberdade do Outro, é cuidar dele dando-lhe o espaço necessário, para que possa crescer e florescer. Mesmo quando a evolução do Outro nos surpreender, mesmo que ele  não se torne naquilo que esperávamos dele,  sabermos respeitar a sua escolha. Esse é o nosso desafio Que se faça a vontade do Outro e não a nossa. Jamais devemos agrilhoar aqueles que amamos, os nossos amigos, os nossos familiares à imagem que desenhamos para eles. Vamos quebrar o protótipo que criámos, oferecendo-lhes a nossa confiança, deixando-os divagar ao sabor dos seus sonhos e fantasias, deixando que comentam erros, que caiam, que se levantem…deixemos que tomem o seu destino nas suas mãos. A verdade é que ao tornarmo-nos responsáveis pela liberdade de quem amamos, evitamos a sua fuga. Ficar junto não é uma “concessão perpétua” – é uma dádiva que se renova todos os dias.

Mandy

Arte: Neli Neto

JOÃO DIAS (1926 - 1979)

AQUELA VELHA FRAGATA

Aquela velha fragata, abandonada no cais
É a imagem que retrata
Algo que não volta mais
Tão velha como o arrais
Que a contempla entristecido
E à noite chora no cais
Saudades do rio perdido

Velha fragata que o tempo mata presa no cais
Já não te vejo enfeitar o Tejo com teu arrais
As tuas velas outrora belas cheias de vento
Pareciam aves em voos suaves
Rasgando o tempo!

Ao sol, à chuva e ao frio
Tempestades e infernos
Na rude faina do rio
Lutaram setenta invernos
Sem reforma que os sustente
No pior dos temporais
Vão morrendo lentamente
A fragata e o arrais.

Fotografia : José Batista

EMOÇÕES - REFLEXOS DE VIDA

Mandy MartinsPereira

 

"Poetry & Quotes by Mandy"

"ESCCONDER AS MINHAS RUGAS ? NÃO! SOFRI MUITO PARA CONSEGUI-LAS." Mandy

SAUDADE

Saudade é solidão acompanhada, 
é quando o amor ainda não foi embora, 
mas o amado já...

Saudade é amar um passado que ainda não passou, 
é recusar um presente que nos machuca, 
é não ver o futuro que nos convida...

Saudade é sentir que existe o que não existe mais...

Saudade é o inferno dos que perderam, 
é a dor dos que ficaram para trás, 
é o gosto de morte na boca dos que continuam...

Só uma pessoa no mundo deseja sentir saudade: 
aquela que nunca amou.

E esse é o maior dos sofrimentos: 
não ter por quem sentir saudades, 
passar pela vida e não viver.

O maior dos sofrimentos é nunca ter sofrido.

Pablo Neruda (1904 – 1973) *

Imagem: kaderimsensinkaderimsensin.tumblr.com

Antonio Machado (1875 – 1939) poeta espanhol

Com o aroma das plantas, o vento corre 
na alegre solidão dos campos!
Antonio Machado

Mario Quintana (1906 - 1994)

 

 

 

"na solidão na penumbra do amanhecer.
Via você na noite, nas estrelas, nos planetas,
nos mares, no brilho do sol e no anoitecer.

Via você no ontem , no hoje, no amanhã...
Mas não via você no momento.

Que saudade..."

Imagem : Mandy Martins Pereira - Pôr-do-Sol

  • Sylvia Plath (1932 -1963)


    “I am still so naïve; I know pretty much what I like and dislike; but please, don’t ask me who I am. A passionate, fragmentary girl, maybe?” ~Sylvia Plath ºº

    Ainda sou ingénua; sei muito bem do que gosto e do que não gosto; mas faça-me o favor, não me pergunte quem sou.
    Uma menina apaixonada, incompleta, talvez?
    Sylvia Plath , in “Os Diários Completos de Sylvia Plath”
    (Tradução livre)

    Fotografia : Web

  • Sylvia Plath (1932 - 1963)


    "Acordei com o som da chuva".
    (Tradução livre)
    “I woke to the sound of rain.”

    ─ Sylvia Plath, The Bell Jar

    Arte by © Eduard Gordeev

  • ― Sylvia Plath (1932 - 1963)


    Tenho medo de ter pensamentos infelizes de novo.
    (Tradução livre)

    "I am afraid of finding unhappy thoughts again."

Se queres guardar as tuas memórias, primeiro tens de vivê-las 

⊰✿╭•⊰✿╭•⊰✿╭•⊰✿ BOB DYLAN ⊰✿╭•⊰✿╭•⊰✿╭•⊰✿ 

“If you want to keep your memories, you first have to live them.”

 

Ternura inacabada

«(...) todos os afectos nos esperam como búzios trazidos pela pausa das marés nas enfeitiçadas tardes de ternura inacabada. Lília Tavares (9 Março 1961)